Como afastar-se da crise financeira

Existe uma crise financeira atualmente em nosso país. Bem, ao menos é com esta informação que as mídias de massas nos bombardeiam constantemente.

Algumas pessoas já a estão vivendo, mas para outros isso não passa de notícias veiculadas pelos jornais.

Para alguns telespectadores, os números do PIB ou do desemprego parecem assustadores – embora novamente nem todos consigam entender o que estes percentuais e indicadores financeiros representam… o que uma queda de 0,3% quer dizer em termos práticos? Deflação nos alugueis de 0,7% muda algo em nossa realidade (e em nosso bolso)?

Estes números, que podem ser significativos para economistas mas altamente impalpáveis para leigos, podem ser traduzidos de uma maneira que você, leitor, pode compreender: eles fortalecem a ideia da escassez. Vamos estudar um pouco:

A Grande Depressão de 1929 ocorrida nos Estados Unidos é um exemplo clássico que mostra como é fácil influenciar o inconsciente coletivo. Naquele ano, um grupo de banqueiros inescrupulosos lançou no mercado financeiro boatos a respeito de crise no país, que gerou uma corrida de investidores e correntistas para sacar – e salvar – seu dinheiro.

Como bancos são apenas intermediários financeiros (que pagam juros baixos a uns, re-emprestam este mesmo dinheiro e cobram juros altos de outros), a onda de saques simultâneos e inesperados cumpriu seu inevitável papel: a falência de pequenos bancos que tinham pequenas reservas – mas que, curiosamente, foram logo adquiridos por instituições maiores a preço de banana (se você acha que foram os mesmos que lançaram os boatos, saiba que isso não foi mera coincidência)…

Na segunda guerra mundial, este mesmo “modelo” foi testado e aprovado: a propaganda de guerra nazista ficou famosa por tomar cidades inteiras sem disparar um único tiro. Utilizando apenas panfletagem, seus habitantes e a resistência militar eram levados a acreditar que a cidade já estava tomada e que lutar era inútil… curiosa estratégia, não?

Voltando agora ao nosso tempo: o filosofo e escritor Leonard Boff tem anunciado publicamente que esta crise é uma farsa criada pela elite dominante para manter-se onde está. Bem, eu não posso assegurar com certeza absoluta que isto é verdade, mas não tenho dúvida alguma que os jornais querem avidamente que você acredite que está numa roubada – acima de tudo, a experiências anteriores mostram que isso realmente funciona!

E o que acontece quando acreditamos nestas informações? Passamos a sentir medo do futuro, alimentamos a ideia de que o mundo é um lugar de poucas possibilidades, muitas vezes submetemo-nos a situações difíceis por achar que não existem alternativas. Pensamentos criam sentimentos, e estes últimos geram comportamentos coerentes com o pensamento de origem. Acabamos de criar um mundo de escassez.

Se isto já está acontecendo com você, faça um favor a si mesmo: saia da TV. Pare de levar lixo para dentro de sua mente.

A televisão, embora tenha um enorme potencial de informação e aprendizado, hoje é apenas um instrumento de controle mental. Observe como modinhas de novela se incorporam rapidamente na sociedade, como falsos valores são modelados e testados nas ruas… e o pior, com o consentimento de todos. Pessoalmente, isso me causa mal-estar!

Cuide também com o que ouve ou lê em outros meios de comunicação, inclusive a internet. Seja seletivo: a maneira como informações perniciosas são inseridas em sua mente pode ser ligeiramente diferente, mas os resultados costumam ser exatamente os mesmos…

Não pense que isso faz de você uma pessoa alienada. Em meu caso, me afastei deste tipo de lavagem cerebral a muitos anos, e posso garantir que nunca me senti melhor. Faça o teste!…

Como nossa mente é focal, ela sempre direciona nossa energia para onde a atenção está.

Assim como uma mulher gravida de apenas barrigas para onde quer que olhe, quem se alimenta de escassez vê apenas isso independente de onde esteja. Ou como diz o ditado: o que você vê, você se torna.

Afastar-se deste tipo de informação negativa (e pode ser qualquer uma, porque negatividade é sempre danosa), tem ainda um benefício secundário imediato: ele melhora sua saúde.

Em 2009, cerca de um ano após passarmos pela crise econômica mundial de 2008, tivemos uma epidemia de “gripe suína”. Isso não foi um fato isolado e é, novamente, historicamente registrado e conhecido: em qualquer parte do mundo, imediatamente após algum tipo de turbulência política ou econômica com o potencial de abalar o emocional da população, surge algum tipo de distúrbio na saúde dos envolvidos. É simples de entender: emoções negativas são como um “gato” de energia elétrica em sua rede: ele drena sua energia, mas é você quem paga a conta.

Elimine também de sua “dieta emocional” qualquer tipo de rótulos ou julgamentos políticos sobre o que estamos vivendo. Existem autoridades competentes pra investigar a verdade sobre o que ocorre; não somos juízes de ninguém nem temos direito de atirar pedras. Quanto mais agressão verbal ou escrita produzimos, mas poluído mentalmente fica nosso mundo. É isso que desejamos?

Tempos de crise são apenas períodos de transição. Aproveite o momento pra fazer pequenos ajustes em seu modo de vida: cultive a gratidão e o contentamento.

Seja qual for sua profissão, utilize-a como uma forma de serviço a humanidade.

Semeie a verdade e a transparência em tudo que fizer: ela será sua espada e seu escudo.

Rafael Zen
Siga-me!

Rafael Zen

Somos seres essencialmente espirituais, vivendo uma experiência material. E nessa extraordinária jornada, tudo vale a pena ser vivido!...
Rafael Zen
Siga-me!

Últimos posts por Rafael Zen (exibir todos)

6 thoughts on “Como afastar-se da crise financeira

  1. Caro, muito interessante s teus videos e, ate’ aqui serviram de base para ilustrar a EFt a uns amigos, somente que praticar, isso depende da vontade de cada um… Do resto a tua ausencia do circuito das redes sociais tem sido marcante! estamos juntso

  2. Rafael boa noite, estou buscar novos horizontes, nova forma de viver e você tem a melhor mensagem de todos que via até hoje, gosto muito e sou praticante da espiritualidade e procuro ser correto em todo meu viver. Mas passo por depressão ou estafa por trabalhar muito. gostaria de poder falar mais com você.

    Obrigado

Comente! Sua opinião é importante pra nós!